Siga o OTD

Futebol

Pia Sundhage elogia postura do Brasil na goleada sobre o Canadá

Pia Sundhage, técnica da seleção, comemorou os 4 a 0 sobre o Canadá, mas com pés no chão. Veja os gols!

Pia Sundhage, técnica da seleção feminina do Brasil
Lucas Figueiredo/CBF/arquivo

“Hoje eu estou feliz!” Foi assim que a técnica da seleção brasileira de futebol feminino, Pia Sundhage, definiu como se sentia após a vitória de suas comandadas por 4 a 0 sobre o Canadá, nesta quinta (7), a quarta nos cinco jogos que esteve à frente da equipe do Brasil.

A partida foi válida pelo Torneio Internacional de Seleções de futebol feminino e credenciou a seleção brasileira para enfrentar as anfitriãs chinesas na final da competição.

“Nós marcamos quatro gols, acho que foi muito bom para várias jogadoras. O Canadá é um time difícil, mas o jeito que nós atuamos tendo a posse de bola e encontrando os espaços, nos fez criar muitas chances de gol, principalmente no primeiro tempo”, comentou Pia Sundhage.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE

“Foi muito bom! No segundo tempo, nós não começamos bem, porque elas colocaram muita pressão sobre nós, mas por outro lado, nós acabamos marcando outro gol”, acrescentou a técnica nascida nos Estados Unidos.

“Vencer é contagioso!”

Desde que ela assumiu a Seleção Brasileira, a equipe soma quatro triunfos e um empate, mantendo uma importante invencibilidade.

Enfática sempre quando elogia o Brasil, Pia destacou o poder ofensivo da equipe. Desde sua chegada, a Seleção já balançou as redes 14 vezes, uma média de 2,8 gols por partida. Para a treinadora, essa postura do Brasil faz com que a cada jogo jogo o elenco ganhe mais confiança.

“Vencer é contagioso! Se nós nos mantermos jogando bem e marcando gols, nós vamos ganhar cada vez mais confiança. Esse é um time que marca muitos gols e nós temos muitas jogadoras boas”, continou a treinadora.

Apesar da animação, Pia Sundhage mantém os pés no chão “Eu acho que fomos bem, mas sempre podemos melhorar mais. Porém teremos alguns jogos antes das Olimpíadas, no próximo ano, mas por enquanto, tem sido uma caminhada muito interessante”.

Primeiro gol na seleção brasileira

A atacante Chú abriu o marcador para o Brasil logo aos 11 minutos do primeiro tempo. Foi o primeiro dela e, ao marcar, agarrou a bola e apontou para o céu. “Agradeço muito a confiança das minhas companheiras. É uma felicidade imensa representar essa camisa, o nosso país, me faltam até palavras para expressar a minha felicidade”.

A jogadora esteve presente nas três convocações de Pia Sundhage. “Eu tenho colocado como meta pra mim que cada convocação é uma oportunidade única. Eu não posso pensar lá na frente se ainda não tenho o ‘hoje'”.

Chú após fazer o primeiro gol do Brasil contra o Canadá em torneio de futebol feminino
Chú, após marcar seu gol (Daniela Porcelli/CBF)

Na final do Torneio Internacional da China, o a seleção brasileira de futebol feminino irá enfrentar as anfitriãs da competição. A seleção chinesa venceu a Nova Zelândia por 2 a 0.

A decisão será neste domingo (10), às 8h45 (Horário de Brasília), em Chongqing, na China. Antes, às 5h, Canadá e as neozelandesas disputarão o terceiro lugar.

Mais em Futebol