Siga o OTD

Esportístico

Maiores medalhistas brasileiros em Jogos Pan-Americanos

Thiago Pereira, maior medalhista da história do evento, detém o recorde de medalhas que deve demorar para ser superado

Thiago Pereira e suas medalhas do Pan do Rio-2007 (foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br)

Na semana passada, trouxemos a lista das maiores medalhistas brasileiras em Jogos Pan-Americanos. Hoje, é a vez dos homens.

E, sem nenhuma surpresa, o líder absoluto é o ex-nadador Thiago Pereira. Em quatro participações, entre 2003 e 2015, ele subiu ao pódio 23 vezes, sendo 15 no lugar mais alto. Ele não só é o brasileiro mais condecorado, mas também o atleta mais premiado na história do evento, entre todos os países e esportes. Um feito colossal.

Ele é seguido por outro ex-nadador, Gustavo Borges, que entre 1991 e 2003 conquistou 19 medalhas, sendo 8 de ouro. Era ele o líder brasileiro em número de medalhas até 2015, quando foi ultrapassado por Thiago.

Seu contemporâneo Hugo Hoyama, do tênis de mesa, conseguiu 15 medalhas, sendo 10 de ouro, e aparece na terceira posição no ranking. É seguido por seu amigo e rival Cláudio Kano, com 12. Cláudio certamente teria mais medalhas, não tivesse falecido tragicamente em um acidente automobilístico em 1996, com apenas 30 anos.

  1. Thiago Pereira (natação, 2003-2015) – 23 medalhas (15 ouros, 4 pratas, 4 bronzes)
  2. Gustavo Borges (natação, 1991-2003) – 19 medalhas (8 ouros, 8 pratas, 3 bronzes)
  3. Hugo Hoyama (tênis de mesa, 1987-2011) – 15 medalhas (10 ouros, 1 prata, 4 bronzes)
  4. Cláudio Kano (tênis de mesa, 1983-1995) – 12 medalhas (7 ouros, 3 pratas, 2 bronzes)
  5. Sebastian Cuattrin (canoagem, 1999-2007) – 11 medalhas (1 ouro, 6 pratas, 4 bronzes)
  6. Djan Madruga (natação, 1975-1983) – 11 medalhas (6 pratas, 5 bronzes)
  7. Fernando Scherer (natação, 1995-2003) – 10 medalhas (7 ouros, 2 pratas, 1 bronze)
  8. Cláudio Biekarck (vela, 1975-2019) – 10 medalhas (1 ouro, 5 pratas, 4 bronzes)
  9. Kaio Márcio de Almeida (natação, 2003-2015) – 9 medalhas (4 ouros, 3 pratas, 2 bronzes)
  10. Leonardo de Deus (natação, 2011-2019) – 9 medalhas (4 ouros, 2 pratas, 3 bronzes)
  11. Gunnar Fieker (vela, 1983-2019) – 9 medalhas (1 ouro, 3 pratas, 5 bronzes)

Sobre o Autor

Foto de André Rossi

Saulo Próspero é um apaixonado por esportes olímpicos. Engenheiro de formação, criou o blog Os Olímpicos em 2010 e segue acompanhando todos os esportes, de verão ou de inverno. Escrevendo e torcendo. Já esteve em três Olimpíadas e segue em 2020 para a sua quarta. E contando...

Mais em Esportístico