Siga o OTD

Esgrima

Equipes do Brasil não passam da primeira rodada na esgrima

Brasil é derrotado na estreia da competições por equipes na esgrima tanto no florete feminino quanto na espada masculina

Bia Bulcão
Augusto Bizzi/FIE.

Depois de três dias de disputas individuais na esgrima, começaram nesta quinta-feira em Lima as competições por equipes dos Jogos Pan-Americanos, mas os resultados não foram os melhores para o Brasil. Tanto no florete feminino, quando na espada masculina, o país foi eliminado na primeira rodada.

Espada masculina

Na espada masculina, o Brasil teve pela frente Cuba pelas quartas de final. A equipe formada por Alexandre Camargo, Nicolas Ferreiras e Athos Schwantes não foi páreo para Reynier Ortiz, Yunior Venet e Luis Enrique Arboine, que venceram por 45 a 37.

Os cubanos já começaram na frente logo de cara, quando Ortíz fez 8 a 5 em cima de Alexandre Camargo. Segundo a entrar em ação, Nicolas Ferreira ficou no 0 a 0 com Venet e não conseguiu alterar o placar. Já Athos Schwantes levou de 7 a 5 de Arboine, resultado que fez com que os cubanos chegassem a 15 a 10 ao final da primeira rodada.

Na segunda série de combates, Nicolas Ferreira levou vantagem sobre Ortíz por 3 a 1 e diminuiu a diferença para 16 a 13. Na sequência, Alexandre Camargo bateu Arboine por 3 a 2 e deixou o Brasil apenas dois pontos atrás: 18 a 16. O problema é que Athos Schwantes levou 8 a 5 de Venet e Cuba manteve cinco pontos de vantagem: 26 a 21.

Apesar da desvantagem, Nicolas Ferreira voltou a fazer a equipe sonhar. O atleta do Pinheiros fez 13 a 9 em cima de Arboine e o Brasil encostou em Cuba, ficando apenas um ponto atrás: 35 a 34. Mas, mais uma vez, Athos Schwantes não conseguiu vencer o adversário que teve pela frente. Ortiz bateu o esgrimista do Paraná por 5 a 1 e deixou os caribenhos novamente com cinco pontos de vantagem (40 a 35). No último duelo, Alexandre Camargo levou de 5 a 2 de Venet, que garantiu a vitória para seu país por 45 a 37.

Florete feminino

A equipe feminina do florete, formada por Bia Bulcão, Mariana Pistoia e Gabriela Cecchi, foi derrotada pelas mexicanas Nataly Silva, Denisse Martínez e Melissa Contreras por 45 a 34 e foi eliminada nas quartas de final do torneio.

A disputa começou com Silva fazendo 5 a 3 em cima de Gabriela Cecchini. Medalhista de bronze na competição individual, Bia Bulcão reagiu ao fazer 7 a 6 sobre Martínez e a diferença caiu para apenas um ponto (10 a 11). No último duelo da primeira rodada, Mariana Pistoia ficou no 0 a 0 com Contreras.

Na segunda série de combates, Gabriela Cecchi perdeu por 6 a 5 de Martínez, mas as mexicanas abriram vantagem com os 7 a 3 conseguidos por Silva sobre Mariana Pistoia. A reação veio de novo com Bia Bulcão, que bateu Contreras por 4 a 2 e deixou as brasileiras a quatro pontos das adversárias: 26 a 22.

Apesar da reação, a situação ficou muito complicada logo no começo da segunda rodada. Martínez fez 9 a 2 sobre Mariana Pistoia e abriu 11 pontos de diferença a favor das mexicanas. Gabriela Cecchi ainda reagiu ao fazer 8 a 5 sobre Contreras, mas Bia Bulcão perdeu por 5 a 2 para Silva, que fechou a vitória do México por 45 a 34.

Mais em Esgrima