Siga o OTD

Curiosidades olímpicas

Zé Roberto e Bernardinho: os maiores vencedores do Brasil

Enquanto José Roberto Guimarães é o único tricampeão olímpico do Brasil, Bernardinho é o brasileiro que acumula o maior número de pódios na história dos Jogos

José Roberto Guimarães e Bernardinho

Robert Scheidt só é o maior medalhista da história do Brasil em Jogos Olímpicos porque técnico não ganha medalha. Mas os maiores vencedores brasileiros em Olimpíadas são os treinadores de vôlei José Roberto Guimarães e Bernardinho. O primeiro é único tricampeão olímpico do país, enquanto segundo levou a seis pódios olímpicos e ainda ganhou uma medalha como atleta.

JOSÉ ROBERTO GUIMARÃES – O ÚNICO TRICAMPEÃO

Como jogador, aos 22 anos, José Roberto Guimarães disputou a Olimpíada de Montreal-1976, quando o Brasil terminou em sétimo lugar. A carreira dentro da quadra, no entanto, durou até os 27. Depois disso, ele passou a se dedicar ao trabalho fora das quatro linhas. Como treinador, o sucesso foi rápido, tanto que chegou ao comando da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Barcelona-1992 com apenas 38 anos.

Apesar de extremamente jovem para ser treinador, José Roberto Guimarães deu conta do recado e levou a equipe dos talentosos Marcelo Negrão, Maurício, Tande e companhia à medalha de ouro. Em Atlanta-1996, voltou aos Jogos, mas não conseguiu passar de um quinto lugar.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

No final dos anos 90, José Roberto Guimarães se aventurou no mundo do futebol como dirigente, mas logo voltou ao vôlei e à seleção brasileira. Mas mudou de naipe e foi dirigir a equipe feminina. A estreia aconteceu com o quarto lugar nos Jogos de Atenas-2004, mas com uma frustrante derrota para a Rússia na semifinal.

A volta por cima veio nas duas Olimpíadas seguintes. Em Pequim-2008 e Londres-2012, José Roberto Guimarães levou o Brasil ao ouro olímpico e se tornou o único tricampeão da história do país. Voltou a dirigir as meninas na Rio-2016, mas não passou do quinto lugar. Em Tóquio-2021 vai ter a chance de tentar o tetra.

BERNARDINHO: O HOMEM DE SETE PÓDIOS OLÍMPICOS

Bernardinho tem um título olímpico do que José Roberto Guimarães, mas nenhum brasileiro foi tantas vezes ao pódio como ele. Como jogador, era reserva do levantador William, mas fez parte do time que ficou em quinto lugar em Moscou-1980 e medalha de prata em Los Angeles-1984.

A exemplo de Zé Roberto, chegou muito jovem ao comando da seleção brasileira feminina e, aos 37 anos, levou o time ao bronze em Atlanta-1996, feito que se repetiu em Sydney-2000.

+ CONHEÇA O BLOG CURIOSIDADES OLÍMPICAS

Depois dos dois terceiros lugares com a seleção feminina, Bernardinho assumiu a equipe masculina e o desempenho foi impressionante. Em quatro Olimpíadas, quatro finais. Foi medalha de ouro em Atenas-2004 e Rio-2016 e prata em Pequim-2008 e Londres-2012.

Em sua história olímpica, apesar de não receber a medalha como treinador, Bernardinho tem dois ouros, três pratas e dois bronzes.

Mais em Curiosidades olímpicas