Siga o OTD

Caratê

Caratecas brasileiros não avançam no segundo dia em Istambul

Equipe do Brasil encontra dificuldade e coleciona derrotas na etapa da Série A em Istambul, na Turquia

No segundo dia de competições pela etapa de Istambul, na Turquia, da Série A de Caratê, a equipe brasileira não teve bons resultados. Se no primeiro dia, na categoria até 61kg, Stephani de Lima se garantiu na repescagem, os caratecas brasileiros passaram em branco neste sábado (18).

As repescagens e finais só serão realizadas no último dia de lutas da etapa de Istambul da Série A de Caratê, no domingo (19).

+ CONFIRA TODOS OS RESULTADOS DA COMPETIÇÃO

68kg feminino

As três representantes brasileiras caíram logo na estreia. Bárbara Rodrigues perdeu para Léa Avazeri, da França, por 7 a 0, ainda na primeira rodada. Já Gabriele Sepe perdeu na segunda rodada para Katrine Pedersen, da Dinamarca, que venceu por 6 a 1.

Natália Spigolon perdeu para a italiana Alessandra Benedetto, por 1 a 0, ainda na primeira rodada.

+68kg feminino

Brenda Pereira começou ganhando da turca Busra Alkan. Mas na segunda rodada, a brasileira perdeu para Dominika Tatarová, da Eslováquia.

60kg masculino

Quatro caratecas brasileiros estiveram em ação pela categoria, mas nenhum deles chegou perto da disputa por medalhas.
Douglas Brose começou ganhando de Enzo Berthon, da França, por 3 a 1 na primeira rodada. Contudo, na luta seguinte, contra o iraniano Papkiadeh Reza Seddighi, Brose foi superado por 3 a 0 e se despediu do torneio.

Gabriel Miranda perdeu de cara para o russo Ruslan Iskhakov, por 4 a 2. Rafael Nascimento estreou vencendo Usame Bahtijari, de Montenegro, por 4 a 0. No segundo desafio, o jordaniano Abdallah Kraik levou a melhor e eliminou o brasileiro.

Fechando a categoria, Gabriel Stankunas estreou com derrota para o grego Leonard Shota, que venceu por 5 a 3.

67kg masculino

Para as disputas da categoria, dois brasileiros marcaram presença. No entanto, não tiveram grande sorte ao longo dos combates. Logo na luta de abertura, Breno Teixeira caiu por 5 a 0 para Shen-Po Pan, de Taipei. Mais tarde, foi a vez de Vinícius Figueira, que avançou diante do dono da casa Abdurrahim Ozer Omer. Apesar do empate em 2 a 2, o brasileiro levou a melhor pelos critérios de desempate. Em seguida, derrota para o russo Danila Kondratyev por 9 a 0 na segunda rodada.

 

Mais em Caratê