Siga o OTD

Canoagem Slalom

Ana Sátila e Felipe Borges vão às semifinais na Polônia

Ana Sátila foi mais uma vez o maior destaque brasileiros nas provas classificatórias da etapa da Polônia da Copa do Mundo de canoagem slalom, que está sendo disputada em Cracóvia. A canoísta se classificou para as semifinais do C1 e do K1 feminino. Quem também brilhou foi Felipe Borges, que garantiu vaga no C1 masculino.

O melhor desempenho de Ana Sátila foi no C-1 feminino. A brasileira foi a mais rápida entre todas as atletas participantes, mas acabou punida com dois segundos por ter tocado em um dos obstáculos. Com isso, ficou em segundo lugar na classificação geral com 95s54, apenas 1s27 atrás da austríaca Viktoria Wolffhardt, que ficou com a primeira colocação. Na mesma prova, Omira Estácia ficou em 36º. com 117s63 e teve que tentar a classificação na segunda descida, que funciona como uma repescagem, disputada apenas por quem não se classificou na primeira, mas marcou apenas 128s52 e ficou em 20º. lugar, longe das dez primeiras que avançaram às semifinais.

No K1 feminino, Ana Sátila não foi brilhante, mas fez o suficiente para se classificar na primeira descida ao garantir o 18º. lugar com 95s09. Omira Estácia ficou em 33º. e teve que tentar a vaga novamente na repescagem, mas repetiu o 20º. lugar do C-1 e foi eliminada.

No C1 masculino, os brasileiros não foram bem na primeira descida. Felipe Borges ficou em 46º. com 95s19, Kauã da Silva foi o 54º. com 103s23 e Gustavo Selbach foi o 57º. com 106s29. Com os resultados, os três tiveram que tentar a sorte na segunda descida e Felipe Borges se deu bem ao garantir a classificação para a semifinal ao ficar em nono lugar com 88s66. Gustavo Selbach foi o 29º. com 95s42 e Kauã da Silva o 32º. com 98s67.

A única prova em que nenhum brasileiro conseguiu avançar para a semifinal foi o K1 masculino. Na primeira descida, Guilherme Mapelli ficou em 33º. (83s53), Pedro Henrique Gonçalves em 45º. (85s60) e Fábio Rodrigues em 55º. (87s33).

Na segunda descida, o desempenho foi ainda pior. Pedro Henrique Gonçalves e Fábio Rodrigues passaram reto em uma das balizas e tiveram acrescidos, respectivamente, 52 e 50 segundos de penalização e ficaram em 45º. e 44º. lugar. Já Guilherme Mapelli piorou seu tempo, fez 85s19 e ficou na 35ª. posição.

Mais em Canoagem Slalom