Siga o OTD

Boxe

Por punição, Bia Ferreira quase desistiu de carreira no boxe

Bia Ferreira, da categoria -60kg, tem marcado o cenário do boxe brasileiro. Conheça a história da atleta que está colecionando medalhas de ouro!

Filha de Raimundo Ferreira, ex-pugilista e conhecido como “Sergipe” no meio do boxe, Beatriz Ferreira, de 25 anos, tem marcado o território da modalidade no Brasil. Com o “esporte no sangue”, a atleta nem se recorda como ou quando começou a praticar.

“Eu não lembro de ter aprendido a treinar boxe, eu lembro de já saber. Dizem minha mãe e meu pai que, com quatro ou três anos, eu escutava o barulho e eu queria descer”, relembra a pugilista em entrevista exclusiva ao Olimpíada Todo Dia, contando da academia do pai no andar debaixo da própria casa. “Ele dava aula para os meninos do bairro e eu sempre queria ficar lá com ele”, completou.

Bia Ferreira com o pai, Raimundo – Foto: Arquivo Pessoal

Beatriz Ferreira, ou Bia, tem parte da sua história em Salvador, e parte em Juiz de Fora. Na Bahia, a atleta viveu até os 13 anos de idade. Já em Minas Gerais, até os 17, quando voltou à capital baiana com a mãe. Em seis meses sem treinar boxe, Bia percebeu que o esporte era essencial e, então, voltou a morar com o pai, onde poderia praticar uma de suas maiores paixões.

“Eu não consegui ficar sem treinar boxe e pedi para morar com o meu pai, voltar para poder treinar. E foi quando voltei, comecei a trabalhar com boxe e dei aulas”, contou.

Depois disso, com a ajuda de um treinador do pai, Bia Ferreira disputou a primeira luta oficial no boxe. Com 21 anos, a pugilista participou do 12º Campeonato Brasileiro de boxe feminino elite, em 2014. Logo no primeiro desafio, um nocaute.

O que a atleta não esperava, porém, era que os desconhecidos fossem atrás do seu histórico e descobrissem uma luta de Muay Thai na carreira, que a desclassificaria da competição nacional e acarretaria em uma punição de dois anos. “Eu fiquei muito triste, me abalou, eu quase desisti do boxe”, disse.

Entretanto, ainda em 2014, Bia disputou e venceu os Jogos Abertos, fato que não deixou a boxeadora abandonar o sonho. “Aquilo me empolgou de novo e resolvi não parar, é isso o que eu gosto, é isso o que eu quero”.

 

Seleção brasileira

Bia Ferreira no Belgrado Winner – Foto: Reprodução/Instagram

Mesmo sem poder disputar o Campeonato Brasileiro entre 2015 e 2016, Bia Ferreira chamou a atenção da comissão técnica da seleção brasileira de boxe, que convidou a atleta a colaborar com os treinamentos da pugilista Adriana Araújo, que competiu nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Com o convite feito, Bia deixou Juiz de Fora e veio para São Paulo no final de 2015, onde fez testes durante nove meses até ser aceita em definitivo e entrar na equipe da elite do boxe brasileiro.

Já de volta às competições oficiais, na última temporada, Bia disputou os primeiros torneios internacionais da carreira, conquistando o ouro no tradicional Belgrado Winner e no Campeonato Continental – relembre aqui as conquistas da atleta no ano passado. Como disse a própria pugilista: “2017 foi o meu ano”. “Estou colecionando ouro”, finalizou. Com a atleta na delegação, inclusive, o boxe brasileiro estreia nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba nesta sexta-feira (1).

AGENDA DO DIA

mar 26 02:30 Torneio Internacional da Turquia de parabadminton mar 26 07:30 ITF de Sharm El Sheikh Jacqueline Awad (SUE)/Ipek Soylu (TUR) Jennifer Dourado (BRA)/Yanni Liu (CHN) mar 26 07:30 Challenger de Marbella Facundo Bagnis (ARG)/Guillermo Durán (ARG) Hunter Reese (EUA)/Fernando Romboli (BRA) mar 26 08:00 ITF de Tabarka Camila Scala (ITA) Karolayne Rosa (BRA) mar 26 09:00 Challenger de Marbella Rudolf Molleker (ALE)/Jurij Rodionov (AUT) Fabrício Neis (BRA)/David Hernandez (ESP) mar 26 10:00 ITF de Campinas Anastasia Nefedova (EUA) Nathaly Kurata (BRA) mar 26 10:30 Aberto do Qatar de tênis de mesa João Geraldo (POR) Gustavo Tsuboi (BRA) mar 26 11:20 Aberto do Qatar de tênis de mesa Quadri Aruna (NIG) Thiago Monteiro (BRA) mar 26 11:30 ITF de Campinas Maria Fernanda Gonzalez (COL) Luísa Stefani (BRA) mar 26 11:30 ITF de Campinas Ekaterine Gorgodze (GEO) Gabriela Cé (BRA) mar 26 13:00 ITF de Campinas Kimberley Zimmermann (BEL) Teliana Pereira (BRA) mar 26 15:30 ITF de Campinas Barbara Gatica (CHL)/Rebeca Pereira (BRA) Nathaly Kurata (BRA)/Eduarda Piai (BRA) mar 26 15:30 Brasileiro de futebol feminino - Primeira Fase Corinthians Internacional mar 26 15:30 ITF de Campinas Danka Kovinic (MTN)/Laura Pigossi (BRA) Marcela Guimarães Bueno (BRA)/Anastasia Shaulskaya (RUS) mar 26 16:00 ITF de Campinas Paula Gonçalves (BRA)/Luisa Stefani (BRA) Despina Papamichail (GRE)/Thaisa Pedretti (BRA) mar 26 18:00 ITF de Campinas Jasmine Paoline (ITA)/Jessica Pieri (ITA) Letícia Ferrari (BRA)/Marina Zotelli (BRA) mar 26 19:00 Superliga de vôlei feminino - Quartas De Final Hinode Barueri Osasco Audax mar 26 19:10 Sul-Americano Sub-17 de futebol masculino - Grupo B Colômbia Uruguai mar 26 20:00 NBB Bauru Mogi das Cruzes mar 26 20:00 NBB Franca Basquete Joinville / AABJ mar 26 20:00 NBB Corinthians Botafogo mar 26 20:00 NBB Pinheiros Vasco mar 26 20:00 NBB Flamengo Basquete Cearense mar 26 20:00 NBB Minas Tênis Clube Brasília mar 26 20:00 NBB São José Basketball Paulistano mar 26 21:30 NBA Toronto Raptors Chicago Bulls mar 26 21:30 Superliga de vôlei feminino - Quartas De Final Sesc RJ Sesi Vôlei Bauru mar 26 21:30 Sul-Americano Sub-17 de futebol masculino - Grupo B Argentina Paraguai mar 26 22:00 NBA Milwaukee Bucks Houston Rockets mar 26 23:30 NBA Los Angeles Lakers Washington Wizards

Mais em Boxe