Siga o OTD

Boxe

Bia vence mais uma no Mundial e garante medalha inédita

Bia Ferreira vence russa e conquista primeiro pódio em Mundiais. Está na semifinal e agora pega velha conhecida

Bia Ferreira no Mundial de Boxe
(reprodução/YouTube)

A brasileira Bia Ferreira venceu a russa Natalia Shadrina nesta quinta-feira (10), pelas quartas de final do Mundial de Boxe que está sendo disputado em Ulan-Ude, na Rússia. A luta foi apertada e os juízes deram 3 a 2.

Com essa vitória, a terceira no Mundial de Boxe, Bia Ferreira passou para as semifinais e garante pelo menos da medalha de bronze, já que os quatro primeiros colocados vão ao pódio.

Beatriz Iasmin Ferreira é um dos maiores, senão o maior, nome do boxe olímpico brasileiro. Conquista agora sua 24ª medalha em 25 competições, chegando ao pódio que ainda não tinha.

Que venha!

A semifinal será no sábado (12) e a brasileira vai enfrentar uma velha rival, Rashida Ellis, dos Estados Unidos. Ellis passou pela tailandesa Sudaporn Seesondee, cabeça de chave número dois do Mundial de Boxe, conseguindo inclusive derrubar a adversária. Ao final, fez 4 a 1 na asiática.

A atleta dos Estados Unidos foi a adversária de Bia Ferreira na semifinal dos Jogos Pan-Americanos. A brasileira, que estava com a rival engasgada, venceu e acabou ficando com o ouro. Elas lutaram três vezes e Bia venceu duas.

Luta dura contra a russa

Na luta desta quinta, a russa Natalia Shadrina, mais alta, mostrou excelente defesa e movimentação no ringue. Bia Ferreira buscou a luta o tempo todo, não se intimidou com a gritaria da torcida e conseguiu encurralar a russa com precisos e potentes golpes.

Bia Ferreira começou sua campanha no Mundial de Boxe vencendo por nocaute técnico Keamogetse Kenosi, de Botsuana. Depois passou pela venezuelana Omailyn Alcalá por unanimidade nas oitavas de final.

As outras duas brasileiras que competiram no Mundial de Boxe de Ulan-Ude foram Grazieli de Jesus, que venceu uma e perdeu uma, e Jucielen Romeu, que caiu na estreia.

Mais em Boxe