Siga o OTD

Beisebol

Presidente da CBBS projeta alternativas para o calendário

Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol suspendeu suas competições por tempo indeterminado

Presidente da CBBS lamentou o adiamento do WBC e projetou o calendário nacional da modalidade
Jorge Otsuka é o presidente da CBBS (Foto: Divulgação/CBBS)

Com a pandemia do coronavírus, a Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol (CBBS) precisou adiar seus eventos por tempo indeterminado. O presidente da entidade, Jorge Otsuka, traçou um panorama do que será necessário para que os torneios da modalidade sejam remarcados.

“Assim que esse vírus devastador desaparecer de nossas vidas, poderemos traçar medidas mais certas e concretas. Veja que temos que dar um tempo aos atletas treinarem e buscarem as melhores condições técnicas, é isso também leva tempo”, disse em entrevista à assessoria da própria CBBS.

+ Veja mais notícias sobre o coronavírus

A princípio, a Taça Brasil Interclubes e o Campeonato Brasileiro Interclubes das categorias de base e o Campeonato Brasileiro adulto serão as competições afetadas. Elas estavam marcadas para acontecer entre abril e agosto.

“Desta forma, quando tudo se normalizar, poderemos fazer um ou dois campeonatos de cada categoria de beisebol e softbol. Ou então, se tudo normalizar em agosto, poderemos seguir o calendário dos campeonatos a partir de setembro e tocar normalmente. E em dezembro, janeiro e fevereiro de 2021 faríamos os campeonatos que deixamos de realizar. Outra possibilidade seria a realização de dois campeonatos de categorias diferentes na mesma sede, desde que esta ofereça o número de campos oficiais necessários e tenha alojamentos suficientes para acomodar todos os atletas”, afirmou Jorge Otsuka.

Adiamento do WBC

No dia 12 de março, faltando um dia para o começo do WBC (World Baseball Classic), a Copa do Mundo do beisebol, a MLB (Major League Baseball), principal liga norte-americana de beisebol e organizadora do torneio, optou por adiar as Eliminatórias da competição. A decisão foi motivo para o lamento de Jorge Otsuka, que exaltou a preparação do time brasileiro.

“Agora teremos que esperar uma nova data, que será marcado pela MLB. Talvez no final deste ano. A qualificatória do WBC, foi uma pena, pois tínhamos conseguido uma equipe bastante competitiva, treinamos bastante e estávamos confiantes, mas vamos levantar a cabeça e rezar para que tudo acabe bem. No final deste ano, esperamos que os clubes na qual os nossos atletas estão jogando liberem os mesmos para continuarmos a sonhar com essa grande conquista”.

Mais em Beisebol