Siga o OTD

Basquete

Georginho tem ano com recorde e comparação à Westbrook

O armador do São Paulo marcou cinco triplos-duplos no NBB 2019/20 em apenas 13 rodadas e superou Larry Taylor, antigo recordista com quatro

Georginho Westbrook Basquete Triplos-Duplos Recorde
Antes de chegar ao São Paulo, Georginho jogou por Pinheiros e Paulistano (São Paulo/Divulgação)

Prestes a completar 24 anos neste domingo (24), o armador Georginho disputou o NBB 2019/20 pelo São Paulo e apresentou em quadra o melhor desempenho de sua carreira, quebrando o recorde de triplos-duplos da competição, sendo comparado à Russel Westbrook, jogador americano de basquete recordista e referência nestes fundamentos na NBA.

+ The Last Dance: Michael Jordan pode ser superado?

O jogador foi principal líder e condutor de seu clube, que ocupava o terceiro lugar no campeonato quando precisou ser cancelado por conta da pandemia de coronavírus. Georginho precisou de apenas 13 rodadas para registrar, por cinco vezes, dois dígitos em três fundamentos, com números expressivos em pontos, rebotes e assistências.

Antes da edição 2019/20, somente cinco atletas na história do NBB haviam conseguido anotar triplo-duplo. Georginho se juntou a Fernando Penna, Valtinho, Scott Rodgers, Vithinho Lersch e Larry Taylor. Taylor foi o único a ter repetido a façanha por mais de uma vez, antigo recordista com quatro atuações de dígitos duplos em três fundamentos.

+ Brasil vai disputar Pré-Olímpico no fim de junho de 2021

“Os triplos-duplos foram resultado da minha presença em vários setores do jogo. Eu sempre quis ser um jogador mais completo possível e depois ir lapidando alguns fundamentos, e claro, bater um recorde é sempre especial, mas não quero parar por aqui”, afirmou Georginho, em entrevista exclusiva ao Olimpíada Todo Dia.

O caminho para chegar ao recorde

Georginho Westbrook Basquete Triplos-Duplos Recorde
Georginho anotou cinco triplos-duplos nas primeiras 13 rodadas do NBB (Gabriel Santos/Divulgação)

Na estreia do NBB, o São Paulo venceu o clássico contra o Corinthians, fora de casa, por 97 a 84, com Georginho anotando 21 pontos, 11 rebotes e 10 assistências. Na segunda rodada a segunda vitória, diante de São José, por 73 a 67, com o armador marcando 10 pontos, 11 rebotes e 11 assistências. Na quarta partida, o São Paulo derrotou o Flamengo como visitante, por 102 a 95, e o atleta fez 24 pontos, 10 rebotes e 11 assistências.

+ Com 40 anos, Alex afirma querer jogar por no mínimo dois anos

Em apenas cinco jogos, Georginho já estava perto de se igualar a Taylor. O empate como recordista ocorreu na sexta rodada, quando o São Paulo superou o Brasília, por 81 a 69, e o armador deixou a quadra com 12 pontos, 12 rebotes e 10 assistências. Georginho se tornou recordista isolado no resultado positivo contra o Paulistano, seu ex-clube, por 98 a 92. Neste jogo, o armador assinalou 11 pontos, 13 rebotes e 13 assistências.  

Georginho contou qual a sensação quando realiza cada um dos fundamentos e o que o deixa mais feliz. “O momento do jogo que dita isso, por ser um armador naturalmente dou assistências que me deixam feliz, mas em alguns momentos eu sei que preciso pontuar e é isso que vou buscar. E ajudar no rebote quando meu time está precisando também é muito importante”, declarou o armador.

Comparação com Westbrook

Georginho Westbrook Basquete Triplos-Duplos Recorde
Georginho e Westbrook foram comparados por causa dos triplos-duplos (Montagem/OTD)

Georginho terminou a temporada do NBB com médias de 15,5 pontos, 8,7 rebotes e 7,5 assistências. Russell Westbrook, armador do Houston Rockets, fez história na temporada 2016/17 da NBA nesses três fundamentos, quando ainda defendia o Oklahoma City Thunder.

+ No Draft da NBA, Caio Pacheco permite-se sonhar

O campeão olímpico em Londres-2012 virou garantia de triplo-duplo e estabeleceu o novo recorde da principal liga de basquete do mundo, com 42, superando Oscar Robertson, que era o detentor da antiga marca, com 41. Por suas façanhas no último NBB, Georginho foi comparado com Westbrook. Ao ser questionado sobre isso, o brasileiro elogiou o americano.

“Eu creio que a comparação com o Westbrook foi apenas em relação aos números, pois me vejo bem distante dele em alguns aspectos como explosão e velocidade nos quais ele é totalmente fora do comum. Porém, intensidade e competitividade são coisas que posso dizer que compartilhamos do mesmo pensamento”, analisou Georginho.

Georginho Westbrook Basquete Triplos-Duplos Recorde
Russell Westbrook foi campeão olímpico em Londres-2012 (Site/Houston Rockets)

Georginho iniciou sua carreira no Pinheiros, onde ficou de 2013 a 2016, disputando a LDB (Liga de Desenvolvimento de Basquete). Ainda em 2016, o atleta trocou o Pinheiros pelo rival Paulistano, local em que foi vice-campeão do NBB 2016/17, perdendo a final para o Bauru.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Em 2017, o atleta foi jogar basquete nos Estados Unidos e atuou pelo Rio Grande Valley Vipers, clube afiliado ao Houston Rockets e que disputa uma liga de desenvolvimento. Antes de chegar ao São Paulo, em 2019, Georginho ainda teve sua segunda passagem pelo Paulistano, na temporada 2018/19.

Ver essa foto no Instagram

🦍🦍🦍

Uma publicação compartilhada por George de Paula (@georgelucas14) em

AGENDA DO DIA

Mais em Basquete