Siga o OTD

Basquete

Confederações participam de Desafio Olímpico nas redes

CBB desafia outras entidades a lembrar de atletas e momentos marcantes do esporte olímpico brasileiro

Confederações participam de Desafio Olímpico nas redes sociais
(crédito: reprodução Twitter)

Neste final de semana sem competições por conta da pandemia do coronavírus, a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) propôs às outras confederações esportivas o Desafio Olímpico, uma forma interessante de relembrar grandes estrelas e momentos do esporte brasileiro.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

O desafio pede que as confederações selecionem um ídolo inesquecível, uma foto antiga do esporte, um título memorável e um instrumento de trabalho. Muita gente entrou na brincadeira.

A CBB escolheu o bicampeão mundial e duas vezes medalhista olímpico Wlamir Marques como ídolo, a foto do time campeão mundial de 1963, o título pan-americano da seleção feminina de 1991 em Cuba e a bola de basquete, é claro, como instrumento de trabalho.

Na sequência, a CBB desafiou o Time Brasil, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) e a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). Veja as escolhas de cada uma no Desafio Olímpico e também a de outras outras desafiadas posteriormente.

Escolhas do Time Brasil

  • 1 – bicampeão olímpico Adhemar Ferreira da Silva
  • 2 – foto de Guilherme Paraense, primeiro atleta do país a conquistar uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos, na prova de pistola rápida 30 metros em 1920, na Antuérpia
  • 3- Título de Thiago Braz no salto com vara dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro-2016
  • 4- halteres e pesos sendo segurados pelos ginastas Arthur Zanetti e Flávia Saraiva

Escolhas da CBJ

  • 1 – Chiaki Ishii, primeiro judoca a conquistar uma medalha em Jogos Olímpicos, em Munique-1972
  • 2 – Jigoro Kano, o criador do judô (à direita) com Kyuzo Mifune, um de seus principais discípulos
  • 3 – Rafaela Silva, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro-2016
  • 4 – Kimonos utilizados pelos judocas brasileiros

Escolhas da CBDA

  • 1 -Nadadora Maria Lenk, a primeira brasileira a quebrar um recorde mundial na natação
  • 2 – Revezamento medalha de bronze no 4×200 m em 1980
  • 3- Título de César Cielo, único medalhista de ouro da história da natação brasileira, nos Jogos de Pequim-2008
  • 4- touca, óculos e tubo respirador, utilizado pelos nadadores apenas nos treinamentos

Escolhas da Confederação Brasileira de Ginástica

  • 1 – Daiane dos Santos, campeã mundial no solo em 2003
  • 2 – Luisa Parente, primeira brasileira a participar de uma edição dos Jogos Olímpicos na ginástica em Seul-1988
  • 3 – Arthur Zanetti, primeiro ginasta brasileiro a conquistar uma medalha de ouro, em Londres 2012
  • 4 – Fita utilizada na ginástica rítmica

Escolhas da Confederação Brasileira de Skate

  • 1 – Bob Burnquist, detentor de 14 medalhas de ouros nos X Games
  • 2 – Sandro Dias, o mineirinho, andando de skate nos anos 1980
  • 3 – Pamela Rosa e Rayssa Leal fazendo a dobradinha brasileira no Mundial de 2019
  • 4 – um skate
Desafio Olímpico skate
(twitter/cbskoficial)

Mais em Basquete