Siga o OTD

Basquete

Guy Peixoto confirma Petrovic para próximo ciclo olímpico

Presidente da CBB elogia trabalho do treinador, que tem difícil missão de colocar a seleção masculina em Tóquio por meio do Pré-Olímpico mundial

Aleksandar Petrovic técnico da seleção brasileira de basquete masculino mundial guy peixoto cbb
(divulgação/FIBA)

O presidente da CBB, Guy Peixoto, disse em entrevista que pretende manter o técnico Aleksandar Petrovic no comando da seleção de basquete masculino independentemente do resultado do Pré-Olímpico mundial. “É o nosso projeto que ele faça o ciclo de renovação para a próxima Olimpíada, em Paris-2024”, disse o mandatário.

“Avaliamos (o trabalho de Petrovic) da melhor forma possível. É um técnico Top 10 no mercado mundial, que soube mesclar a juventude e a experiência, sempre unidas e com um ambiente ótimo de grupo”, disse Guy Peixoto, que aprovou a renovação promovida pelo treinador. “Em 2017, colocou em quadra o Yago como titular nas eliminatórias, aos 17 anos. Depois, trouxe Didi e agora dois jovens de 17 anos, o Guilherme e o Márcio”.

O Brasil está na sede de Split, Croácia, no Pré-Olímpico mundial de basquete masculino. Apenas o campeão fica com a vaga. A competição estava programada para acontecer entre os dias 23 e 28 de junho de 2020, mas foi adiada por conta da pandemia de coronavírus.

Se nada mudar, a seleção brasileira está no Grupo A, ao lado de Tunísia e Croácia. No B estão Alemanha, Rússia e México. Os dois melhores de cada vão para as semifinais, com os vencedores disputando a final que vale o passaporte para Tóquio. É a última chance do time de Aleksandar Petrovic.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

José Neto

A indicação do presidente da Confederação Brasileira de Basketball pela permanência do treinador da seleção masculina segue o caminho da feminina. O treinador José Neto foi mantido mesmo após o time não conseguir vaga nos Jogos Olímpicos.

“Perdemos a vaga olímpica em apenas um jogo onde comprovadamente estivemos abaixo do que apresentamos nos últimos sete meses”, avaliou Gui Peixoto na entrevista divulgada neste domingo (15). “O José Neto fez um grande trabalho nesses últimos sete meses. E o trabalho continua normalmente. Foi notável a evolução tática do time. O relacionamento dele com as meninas. O título do Pan de Lima. O bronze na AmeriCup (Copa América). Além dos bons jogos contra Estados Unidos e Canadá, duas seleções top no mundo”.

Mais em Basquete