Siga o OTD

Basquete

Didi marca pouco, mas Kings vencem e empatam a final

Brasileiro conseguiu apenas cinco pontos na vitória do Sydney Kings sobre o Perth Wildcats fora de casa; Jogo 3 acontece no domingo

Didi Louzada Sydney Kings
Didi foi discreto na vitória do Sydney Kings na final da NBL (Foto: Arquivo/Instagram)

Depois da derrota na primeira final da NBL, o Sydney Kings conseguiu se recuperar e empatou a série melhor de cinco do basquete australiano. Jogando fora de casa, a equipe do brasileiro Didi Louzada venceu o Perth Wilcats pelo placar de 97 a 83.

Didi teve uma atuação discreta, com apenas cinco pontos marcados, bem abaixo de sua média de 10 acertos. O brasileiro conseguiu ainda quatro rebotes e deu três assistências no jogo. Seu companheiro Andrew Bogut foi um dos destaques com um duplo-duplo (19 pontos e 13 rebotes). Já o cestinha da partida foi Bryce Cotton, dos Wildcats, com 27 acertos.

O Jogo 3 da final da NBL acontece no próximo domingo (15), às 03h (horário de Brasília), na RAC Arena, em Perth. Devido à pandemia do coronavírus, a organização do basquete australiano decidiu realizar a partida sem a presença da torcida.

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

O Jogo

Depois de um começo equilibrado, os Kings conseguiram abrir uma vantagem de oito pontos no placar, com a jogada de três pontos de Bogut e a cesta de longe de Brad Newley (9×17). Rapidamente, Bryce Cotton trataram de recolocar os Wildcatis na partida com cinco pontos seguidos. Mas Andrew Bogut, muito bem no jogo, conseguiu seis acertos em sequência e fez os Kings fecharem o primeiro período na frente: 31 a 27.

No começo do segundo quarto, Didi Louzada conseguiu uma cesta de três pontos, mas foi Bryce Cotton quem se destacou, marcando sete pontos e empatando o confronto (36×36). Xavier Cooks, então, fez uma sequência de 6 a 0 para os Kings e retomou a boa vantagem. Os visitantes passaram a dominar o período e chegaram a abrir diferença de dez pontos (42×52). No fim do primeiro tempo, os donos da casa pressionaram, mas foram para o intervalo perdendo por 51 a 57.

Uma bola de três de Tate aumentou a vantagem do Sydney Kings no começo do segundo tempo. Com ótimas sequências de Kay e Cotton, os Wildcats se aproximaram e rapidamente abaixaram a diferença para apenas um ponto (62×63). Mas, com os arremessos de longe de Tate e Bruce, os visitantes voltaram a controlar o jogo com oito pontos à frente (65×73). Bryce Cotton carregava sua equipe e voltou a encostar no placar depois de seis pontos seguidos: 73 x 76.

Mas no último quarto o Sydney Kings dominou a quadra. Nos dois pontos de Didi, os visitantes já ampliavam a diferença para nove pontos (78×87). Uma sequência de cinco pontos de Lisch e um lance livre de Tate trouxeram a maior vantagem da noite: 14 pontos (81×95). Foi questão de tempo para o Sydney Kings garantir a vitória por 97 a 83 e empatar a série decisiva do basquete australiano.

Mais em Basquete