Siga o OTD

Basquete

Vera Cruz venceu no sufoco e Blumenau no massacre pela LBF

Enquanto o time de Campinas sofreu até o final para bater o Araraquara em casa, o catarinense passou o carro no Sorocaba na quadra do adversário

Vera Cruz quase perdeu a invencibilidade (Alvaro Jr.)

O Vera Cruz Campinas conseguiu com muito custo manter sua invencibilidade na atual temporada da Liga de Basquete Feminino (LBF) em partida disputada contra o SESI Araraquara na rodada desta terça (11). Já para o Blumenau foi o oposto. Nem tomou conhecimento do Pró-Esporte/Sorocaba.

Atual campeã da Liga de Basquete Feminino, a equipe do Vera Cruz perdia a apenas 13 segundos do final do jogo, mas conseguiram virar e fazer 71 a 69 no SESI Araraquara jogando em casa, no ginásio da Ponte Preta. Assim, manteve a melhor campanha do torneio em 14 jogos.

MVP do Jogo das Estrelas no final de semana, Melisa Gretter também foi a jogadora mais valiosa da vitória campineira na temporada. Anotou 20 pontos, pegou 4 rebotes e ainda roubou 5 bolas, fechando o confronto com 25 pontos de eficiência. A cestinha foi a pivô Mariana Dias, também do Vera Cruz Campinas, com 21 pontos em 25 minutos de atuação.

Silvinha foi a cestinha do SESI com 17 pontos. Outra jogadora do garrafão araraquarense, Aline Moura teve duplo-duplo de 14 pontos e 10 rebotes. A equipe de Araraquara está na quarta colocação, com 10 vitórias em 16 jogos.

O próximo jogo do Vera Cruz Campinas será joga fora de casa, na segunda-feira (17), às 20h15, contra o quinto colocado Blumenau, no Galegão, Santa Catarina. Já o SESI Araraquara, que tem apenas mais duas partidas nesta primeira fase, volta as quadras apenas no dia 25, no Gigantão, contra o Sampaio Basquete.

Blumenau por 49 pontos

O Blumenau vai receber o líder do campeonato embalado pela vitória fora de casa por nada menos do que 49 pontos de vantagem sobre o Pró-Esporte/Sorocaba: 96 a 47. No primeiro turno, em Santa Catarina, o placar foi mais “modesto”: 37 pontos de diferença.

Blumenau parecia sozinho em quadra (Marina Gouvea)

Todas as titulares pontuaram acima dos 10 pontos, com destaque para Gil, que teve grande duplo-duplo de 22 pontos e 14 rebotes no garrafão e ainda registrou 7 assistências e a segunda maior eficiência do ano (39) no ano – o maior índice também é da pivô de Blumenau, MVP da partida.

Aruzha, com 16 pontos, foi a única sorocabana a passar dos 10. Lays e Blockton tiveram 14 pontos cada e Mariana outros 13 para o Blumenau, que é o quinto colocado com 9 vitórias em 15 jogos.

O time paulista segue fora dos playoffs da Liga de Basquete Feminino, mas como ainda tem três jogos por fazer, segue com chances reais de classificação. Na próxima rodada vai ao Maranhão enfrentar o vice líder Sampaio Basquete.

Mais em Basquete