Siga o OTD

Badminton

Governo libera e time de Ygor Coelho jogará finais na Dinamarca

Em meio à pandemia, Ygor Coelho e seu time recebem aval para jogarem o Final 4 da Dinamarca de badminton

Ygor Coelho em ação pelo Hojbjerg - Foto: Reprodução/Instagram (Facebook/atletaygor)

Em meio à pandemia na Dinamarca, mas com as autoridades dando aval, o Final 4 da Liga Dinamarquesa de badminton foi confirmado, e a equipe de Ygor Coelho, o Hojbjerg, está entre as quatro finalistas.

A entidade marcou as finais para 19 e 20 de junho, na Arena Brondby Hallen, em Brondby. Como medida de prevenção, os jogos não terão torcida. A última rodada da fase classificatória foi realizada em 3 de março.

Baseados nas diretrizes das autoridades sanitárias e na recomendação da Associação Dinamarquesa de Esportes e do Ministério da Cultura, os atletas de alto rendimento, caso de Ygor Coelho, já foram autorizados a voltarem aos treinos.

“A Dinamarca não foi tão afetada. Quer dizer, foi afetada pela pandemia, mas eles controlaram muito bem a situação. Estão abrindo aos poucos. O governo liberou futebol e ligas de alto rendimento. E os atletas dessas ligas de alto rendimento foram liberados para treinar”, contou Ygor Coelho.

Segundo o site Worldometers, a Dinamarca teve 73 novos casos confirmados do novo coronavírus e três mortes nas últimas 24 horas.

+ “Inspiração é ajudar a outras pessoas”

Polêmica

Entretanto, por mais que as autoridades tenham autorizado a realização do Final 4 e liberado os atletas de alto rendimento a voltarem aos treinamentos, dois times que estariam nas finais da Liga Dinamarquesa de badminton se recusaram a jogar em meio à pandemia.

O Greve e o Vendsyssel, respectivamente primeiro e segundo colocados na fase de classificação, cancelaram suas participações nas finais. As equipes consideram um perigo a liberação dos treinamentos e a realização dos jogos, principalmente por causa da saúde dos jogadores.

René Toft, presidente da Badminton Dinamarca, que organiza a liga, saiu em defesa das medidas adotadas e da realização das finais. “Lamentamos muito o cancelamento de Greve e Vendsyssel e, ao mesmo tempo, desconhecemos as acusações de que estamos arriscando a saúde dos jogadores. Esse não é o caso. O badminton na Dinamarca leva a segurança e a saúde de todos os participantes muito a sério e, além de seguir os requisitos e restrições das autoridades de saúde, fará tudo em cooperação com as equipes para garantir a integridade de qualquer jogador.”

Final 4

Sem Greve e o Vendsyssel, o Hojbjerg, de Ygor Coelho, vai para as finais como a melhor classificada e, por isso, poderá escolher seu adversário entre Skovshoved e Værløse, equipes convidadas para participarem do Final 4.

EM meio à pandemia, Ygor Coelho jogará Final 4 da Liga da Dinamarca pelo Hojbjerg
Ygor Coelho em ação pelo Hojbjerg – (Facebook/atletaygor)

Já o Solrød Strand, último classificado na fase de classificação, enfrentará quem sobrar.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Estamos muito satisfeitos em convidar o Skovshoved e o Værløse para o Final 4 e esperamos que eles participem positivamente. Agora que as autoridades de saúde deram luz verde a um acordo de saúde sólido, é importante enviar otimismo e fé no futuro aos fãs, atletas e equipes. Temos uma grande oportunidade de comercializar e expor nosso fantástico badminton, e estamos ansiosos para mostrar isso” completa diz René Toft.

Na sexta-feira, 19 de junho, serão realizadas as semifinais, enquanto no sábado, dia 20 de junho, serão disputadas a medalha de ouro e a de bronze.

“Para mim é uma motivação enorme. Desde que acabaram as competições, eu fiquei aqui na Dinamarca treinando porque, por sorte, moro dentro do clube. Agora tenho um campeonato que eu posso jogar e mostrar que ainda estou em forma. Valendo o Campeonato Dinamarquês. É um grande orgulho”, completou Ygor.

Mais em Badminton