Siga o OTD

Badminton

Ygor Coelho vence dois jogos e está nas quartas do Brasil Open

Cabeça de chave número 2, Ygor Coelho vai enfrentar o canadense B. R. Sankeerth por uma vaga na semifinal do Brasil Open

Alexandre Schneider/Nissan

O brasileiro Ygor Coelho confirmou seu favoritismo e passou por seus dois primeiros desafios no Brasil Open de badminton, que está sendo disputado na cidade de Campinas, em São Paulo. Primeiro ele despachou o islandês Karl Gunnarsson nesta quinta (2) por 2 a 1 e se classificou para as oitavas de final do torneio.

Horas depois, Ygor Coelho retornou para enfrentar o italiano Rosario Maddaloni por uma vaga nas quartas de final. Muito mais solto e confiante, o brasileiro fez 2 sets a 0 e se garantiu entre os oito melhores do Brasil Open de badminton. Na briga por uma vaga na semifinal, Ygor enfrentará o canadense B. R. Sankeerth, que veio do qualificatório.

Na chave feminina, o Brasil não tem mais atletas disputando. Ainda na fase de oitavas, Jackeline foi derrotada pela belga Lianne Tan: 2 sets a 0, parciais de 21-5 e 21-9.

Coelho nas quartas

Ygor Coelho, cabeça de chave número dois do Brasil Open, começou bem forte o duelo contra Karl Gunnarsson e cravou 21 a 7 no primeiro game. O islandês, porém, se recuperou na segunda parcial e empatou com um 21 a 13. O game decisivo foi 21 a 15 para o brasileiro.

Na partida seguinte, o grande nome do Brasil na modalidade passou como quis sobre o italiano Rosario Maddaloni. Com um duplo 21/11, Ygor Coelho dominou as ações, forçou o adversário a cometer vários erros e não deu chances.

O primeiro cabeça de chave, o holandês Mark Caljouw, também passou para as quartas de final com uma vitória sem sustos sobre o alemão Kai Schaefer.

Chave masculina do Brasil Open

Outros quatro brasileiros disputaram, mas todos perderam por 2 a 0. Artur Pomoceno foi o primeiro a jogar e perdeu para o estoniano Raul Must por um duplo 21/12. Os outros três entraram na chave principal após disputar o classificatório. Vinicius Gori caiu por 21/9 e 21/5 diante do canadense Jason Ho-Shue, Waleson Santos foi derrotado por 21/14 e 21/13 pelo espanhol Pablo Abian, e Gabriel Cury tomou 21/12 e 21/16 do austríaco Luka Wraber.

+ CONFIRA A CHAVE DE SIMPLES MASCULINA

Chave feminina do Brasil Open

Na chave feminina, além de Jackeline Luz e Mariana Freitas, outras seis brasileiras participaram, mas nenhuma conseguiu passar. Jaqueline Lima foi a primeira a entrar em quadra e perdeu para a suíça Sabrina Jaquet, cabeça de chave número um do Brasil Open, por 2 games a 0, com parciais de 21/11 e 21/10.

+ CONFIRA A CHAVE DE SIMPLES FEMININA

Samia Lima perdeu para a peruana Daniela Macias por 21/16, 18/21 e 21/16. Tamires Santos também perdeu por 2 a 1, com 18/21, 21/14 e 21/18; Jesiane Alves tomou 21/8 e 21/10 da portuguesa Sonia Gonçalves; Fabiana Silva caiu por 2 a 0 (21/14 e 21/12) para a canadense Brittney Tam e Bianca Lima perdeu para a peruana Ines Salazar (21/12 e 21/10).

Duplas masculinas

O Brasil entrou na disputa com nove duplas, mas apenas três conseguiram vencer e avançar para a fase de oitavas de final. Fabrício Farias e Francielton Farias terão pela frente os norte-americanos Raju Rai e Bo Zhao. E, infelizmente, as outras duas duplas se enfrentarão, o que já garante um dupla brasileira nas quartas do Brasil Open. João Bajer e Felippe Cury Fonseca vão disputar contra Gustavo Aquino e Messias Rony.

+ CONFIRA A CHAVE DE DUPLAS MASCULINA

CHAVE DE DUPLAS MISTAS

A melhor dupla brasileira na chave de duplas mistas nesta quinta-feira foi Artur Pomoceno e Fabiana Silva. Os atletas começaram a participação no Brasil Open com uma vitória por W.O. contra William Cabrera e Clarisa Pie, da República Dominicana. Na segunda rodada, Artur e Fabiana tiveram pela frente os compatriotas Igor Ibrahim e Jackeline Luz, que haviam vencido na primeira rodada de W.O. No duelo verde e amarelo, Pomoceno e Silva se impuseram e saíram com a vitória por 2 sets a 0, com parciais de 21/17 e 21/9.

Com o resultado, Artur Pomoceno e Fabiana Silva se garantiram nas quartas de final da competição e terão pela frente Nyl Yakura e Kristen Tsai, do Canadá, nesta sexta-feira. Caso os brasileiros conseguirem a vitória, o Brasil já garante a medalha de bronze na chave de duplas mistas do Brasil Open de Badminton.

Derrotas nas duplas

Izak Batalha e Tamires Santos começaram o dia vencendo a dupla formada por Peder Søvndal, da Dinamarca, e Tereza Švábíková, da República Tcheca, por 2 sets a 1, com parciais de 11/21, 21/11 e 21/19. Na segunda rodada do Brasil Open de Badminton, Izak e Tamires tiveram como adversários os holandeses Robin Tabeling e Selena Piek. Na partida, os atletas da Holanda acabaram ditando o ritmo da partida e saíram com a vitória em sets diretos, com um duplo 21/11, eliminando os brasileiros da competição.

Já Matheus Voigt e Bianca Oliveira Lima não tiveram o mesmo desempenho. Os brasileiros começaram o dia vencendo a dupla d Chile formada por Cristian Araya e Constanza Naranjo, por 2 sets a 0, com parciais de 21/19 e 21/12. Na segunda rodada os adversários foram os russos Evgenij Dremin e Evgenia Dimova. Na partida, os atletas da Rússia saíram com a vitória em parciais diretas com 21/11 e 21/10, eliminando Matheus e Bianca do Brasil Open de Badminton. 

Gustavo Pereira e Paloma Eduarda Da Silva acabaram eliminados na primeira rodada da competição ao serem derrotados pelos americanos Raju Rai e Allison Lee, por 2 sets a 0, com parciais de 17/21, 21/16 e 21/14. O mesmo aconteceu com Fabricio Farias e Jaqueline Lima que acabaram sendo superados pelos canadenses Joshua Hurlburt-Yu e Josephine Wu, em sets diretos com parciais de 21/16 e 21/14. Outra dupla do Brasil que foi eliminada após a primeira partida no Brasil Open de Badminton foi Felippe Cury Fonseca/Jeisiane Alves. Os atletas tiveram como adversários Jonathan Bing Tsan Lai e Katie Ho-Shue, do Canadá, e sofreram o revés por 2 sets a o, com parciais de 21/15 e 21/18.  

Mais em Badminton