Siga o OTD

Judô

Rafaela Silva desiste de luta e é bronze no Troféu Brasil

Campeã olímpica abdica da semi-final para dar oportunidade para companheira do Instituto Reação disputar a final do Troféu Brasil de Judô.

O primeiro dia de disputas do Troféu Brasil de Judô 2017 levou ao tatame da Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, o judocas dos pesos Super Ligeiro, Ligeiro, Meio Leve e Leve numa longa jornada de grandes combates que começaram às 9h e terminaram por volta das 19h. Essa edição do evento reúne 449 atletas, entre eles jovens da nova geração e atletas consagrados, com as campeãs olímpicas Sarah Menezes e Rafaela Silva, que foram ao pódio neste sábado, 7.

Ao todo, seis medalhistas olímpicos estão inscritos na competição: Ketleyn Quadros (63kg/Minas Tênis Clube), Sarah Menezes (48kg/AJEF), Rafaela Silva (57kg/Instituto Reação), Mayra Aguiar (78kg/Sogipa), Leandro Guilheiro (81kg/Pinheiros) e Rafael Silva “Baby” (+100kg/Pinheiros).

Buscando um retorno ao peso Ligeiro (48kg), Sarah fez o dever de casa e venceu todas as suas quatro lutas preliminares por ippon. Na final, emplacou quatro waza-aris contra a pinheirense Gabriela Chibana e levou o título do Troféu Brasil de Judô, competição que não disputava desde 2005.

Rafaela, por outro lado, protagonizou um momento de “solidariedade” a sua colega de time, Tamires Crude (57kg), quando desistiu do combate para que Crude tivesse a oportunidade de fazer a final do peso Leve contra Flavia Cruz, também do Reação. Na decisão, Tamires venceu Flavia por ippon e levou o bicampeonato do Troféu. Rafaela ficou com bronze depois que Manoela Costa (Sogipa) também desistiu do combate por causa de uma lesão no joelho.

O período da manhã ainda teve o bicampeonato da meio-leve Milena Zaccani (Sogipa) em final emocionante contra a anfitriã Layana Colman (Minas), que havia passado na semifinal pela favorita Érika Miranda (Sogipa). Multimedalhista em Mundiais, Miranda ficou com o bronze ao lado de Eleudis Valentim (Pinheiros), campeã do Grand Prix de Zagreb no final de semana passado.

Os donos da casa comemoraram na última categoria disputada pela manhã, quando Alex Pombo (Minas) imobilizou Lincoln Neves (São José dos Campos) até o ippon e conquistou o hexacampeonato do Troféu Brasil no peso Leve.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades do OTD

* = campo obrigatório

powered by MailChimp!

Mais em Judô