Siga o OTD

Futebol

Veja os gols da seleção sub-17 diante da Nova Zelândia

A Seleção Brasileira Sub-17 desembarcou em Mumbai, na Índia, nesta terça-feira, já treinou e hoje encarou a Nova Zelândia em um amistoso no Mumbai Arena Football. Com gols do atacante Brenner, do São Paulo, o Brasil venceu por 2 a 1. Todos os gols da partida aconteceram no segundo tempo. O da Nova Zelândia, no final do jogo, foi marcado pelo capitão Max Mata, em cobrança de pênalti.

O Brasil entrou em campo com a seguinte escalação: Gabriel (Cruzeiro); Wesley (Flamengo), Matheus Stockl (Atlético-MG), Rodrigo Guth (Coritiba) e Luan Candido (Palmeiras); Vitão (Palmeiras), Victor Yan (Santos) e Rodrigo Nestor (São Paulo); Vitinho (Corinthians), Brenner (São Paulo) e Yuri Alberto (Santos). Mesmo ainda sem Vinicius Júnior, do Flamengo, que não viajou à Índia por conta da final da Copa do Brasil, a Seleção superou seu primeiro desafio para o Mundial da categoria. Apesar do pouco tempo no país asiático, o time promoveu o amistoso com o intuito de acelerar a adaptação ao clima e fuso horário novos.

A partida começou bem equilibrada. Nos primeiros 10 minutos, a Nova Zelândia chegou inclusive a ter mais posse de bola. Aos poucos, o Brasil impôs seu ritmo de jogo e começou a ganhar terreno. Victor Yan, a essa altura já na lateral-direita – Wesley saiu sentindo dores, mas não preocupa -, e Luan Cândido apareciam como boas opções pelos lados do campo, já que a zona central estava bem congestionada.

No segundo tempo, com as entradas de Alan e Victor Bobsin no meio, além de uma postura mais agressiva da Seleção Brasileira, a rede começou a balançar. No primeiro gol, Yuri Alberto fez o pivô com maestria para deixar Brenner livre, de frente para o goleiro, para abrir o placar.

Alguns minutos depois e foi a vez de Marcos Antônio se colocar como garçom. Após troca de passes envolvente na entrada da área, foi ele quem achou Brenner livre na área mais uma vez. O atacante não desperdiçou. Já nos acréscimos, a Nova Zelândia conseguiu diminuir a diferença em cobrança de pênalti, mas não havia tempo suficiente.

A equipe brasileira tem mais oito dias de preparação antes da estreia no Mundial, diante da Espanha, no próximo dia 7. No mesmo grupo de Brasil e Espanha, D, também estão Coreia do Norte e Níger. Classificam-se para a fase final apenas os dois primeiros colocados de cada grupo, além dos quatro melhores das terceiras posições.

Enquanto a equipe brasileira, comandada pelo técnico Carlos Amadeu, viaja a Cochi para dar início aos jogos oficiais, a Nova Zelândia permanece em Mumbai, onde enfrentará a Inglaterra em mais um amistoso antes do início da Copa do Mundo Sub-17.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades do OTD

* = campo obrigatório

powered by MailChimp!

Mais em Futebol