Siga o OTD

Vôlei

Em jogo de cinco sets, Japão vence e complica o Brasil

Após a derrota na última madrugada para a Tailândia, o Brasil enfrentou o Japão pela rodada do Grand Prix de Vôlei Feminino, em Sendai no Japão. Mesmo com 22 pontos de bloqueio da equipe verde e amarela, as japonesas saíram com a vitória por 3 sets a 2, com parciais de 25/22, 26/24, 19/25, 20/25 e 17/15. As maiores pontuadoras do confronto foram Shinabe e Koga pelo lado japonês, com 22 e 21 pontos, respectivamente e Rosamaria com 19 pontos, pelo lado brasileiro. Agora, visando a classificação para fase final, a seleção terá que vencer todos os jogos da próxima semana em Cuiabá.

No primeiro set foi equilibrado durante grande parte de sua duração, com as seleções não permitindo que a equipe adversária ficasse com uma diferença muito grande no placar. Com um bom aproveitamento de seu saque e o já esperado sistema defensivo impedindo que os ataques brasileiros se transformassem em pontos, o Japão conseguiu abrir uma pequena distância no momento de decisão da parcial e fechou em 25 a 22

No segundo, o Brasil começou melhor, com um aproveitamento de seus ataques melhor que na parcial anterior e com o bloqueio parando os ataques das japonesas. Contudo, a partir do décimo ponto as comandadas de José Roberto Guimarães voltaram a sofrem com a recepção, o que dificultou os ataques contra a boa defesa japonesa. Nos últimos pontos, de novo o Japão conseguiu ficar na frente do marcador e apesar de dois saques bons de Ana Beatriz, o time asiático conseguiu fechar em 26 a 24.

Na terceira parcial as meninas do Brasil foram para o tudo ou nada e começaram melhor, assim como no set anterior, colocando as bolas no chão e tendo volume de jogo nos primeiros pontos. Porém, o problema da recepção, que gerou a diminuição do aproveitamento de ataque voltaram e o Japão levou o duelo ponto a ponto até os momentos finais, quando com saques da central Carol e bloqueios de Monique, as meninas do Brasil conseguiram caminhar e fecharam em 25 a 19.

No quarto set a seleção brasileira manteve o ritmo e com a ajuda de seu bloqueio, conseguiu impor o ritmo do jogo durante toda a parcial. Com a presença forte desse fundamento, o Brasil conseguiu abrir vantagem no placar, a equipe asiática tentou esboçar uma reação, mas as comandadas de José Roberto Guimarães se mantiveram a frente do marcador e com um ace de Rosamaria levou o duelo para o tie break.

Nele, o equilíbrio visto nos primeiros sets voltou, com as duas seleções lutando por cada ponto. O Japão conseguiu jogar quase todo a parcial na frente do marcador, mas com as brasileiras próximas. No momento de definição da partida as asiáticas tiveram mais calma e erraram menos, fechando o jogo com um 17 a 15.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades do OTD

* = campo obrigatório

powered by MailChimp!

Mais em Vôlei